Newsletter - Página inicial      
  Sobre a Newsletter Fale Conosco
Página inicial Newsletter Virtual Editorial Dicas e Sabores Eles se Inspiraram... e Fomos Conferir Hospedagem em Campos
Dicas e Sabores
Dicas e Sabores
 
VEJA TODAS AS EDIÇÕES

Edição 34 - Veni , Vidi Vici
Edição 33
- Sabores da Fondue...
Edição 32
- The SHIP
Edição 30
- "Chá das cinco"?
Edição 29
- Holanda e sua gastronomia...
Edição 28
- São Paulo…São Paulo!
Edição 27
- Chic e simples
Edição 26 - Clássicos da Gastronomia
Edição 23
- Grata Surpresa
Edição 22 - Restaurantes em Hotéis
Edição 21 - Comfort Food
Edição 20 - Viagem de trem, um passeio gastronômico
Edição 19
- Recantos ou Boutiques Gastronômicas?
Edição 18 - O segredo da sopa de cebola
Edição 17 - Pequenas cidades… grandes histórias
Edição 16 - Nossas escolhas
Edição 14
- É tempo de Natal
Edição 13 - Cheval Blanc Um dos hotéis mais badalados e caros da Europa
Edição 12 - Danúbio… Desfrute este prazer!
Edição 11 - Le Fromage Gruyère
Edição 10
- As belezas da cidade de Gruyère
Edição 09 - Suíça... Terra do queijo e do chocolate!
Edição 08 - Hotel-Motel SHow em Chicago
Edição 07 - Visitando a Chiarlo Vinícola, em Asti, na Itália
Edição 06 - Receber "comme Il faut"
Edição 04 - Ovo
Edição 03 - Panelas - como escolher na hora da compra?
Edição 02 - Flor de Sal, iguaria sem igual
Edição 01 - Queijos

 
 

 

 

O segredo da sopa de cebola
Edição 18 - Abril de 2011

O que parece simples nem sempre é. Às vezes o simples é mais difícil do que se imagina. Vamos pegar como exemplo, o ovo frito. A princípio pode parecer uma tarefa fácil, vamos tentar? O primeiro passo é quebrar o ovo, sem estourar a gema, depois, acertar o ponto do azeite, óleo ou manteiga - dependendo da escolha, para não “queimar”, na sequência optar por sal antes de fritar. Neste caso, a gema estoura com mais facilidade. Conseguiu? Pequenos detalhes fazem a diferença.

Na “alta” gastronomia, um dos pratos mais clássicos e aparentemente simples é a tradicional “sopa de cebola”, aparentemente, pois os detalhes que envolvem o preparo são muitos! Algumas versões são mais adocicadas, outras mais salgadas, áci­da­s. Como fazer? Qual a melhor? Qual agrada mais? Enfim, qual receita incluir no cardápio do restaurante?

Os mais antigos devem se lembrar da tradicional sopa de cebola servida no ceagesp, nos anos 70 e 80. Uma delícia! Na busca constante de aprimorar o que podemos servir, experimentamos em nossas viagens, vários pratos e produtos. Afinal, queremos sempre inovar! E foi assim, que constatamos que a sopa de cebola do ludwig restaurant, está muito próxima daquela servida no famoso café de la paix, em paris, um lugar chique e clássico inaugurado em junho de 1862, situado na place de l’opéra.

O “café”, conta com dois salões, um para refeições mais “elaboradas” e um terraço para lanches rápidos. Uma dica aos leitores é experimentar nossa sopa de cebola e depois conferir o mesmo prato, em paris!
Bon voyage et bon appétit!

O Café de La Paix é um dos mais tradicionais de Paris, tudo nele respira história. O cappuccino tradicional já foi apreciado por grandes artistas, como o tenor Enrico Caruso, a cantora Yvette Guilbert, o pintor Henry Toulouse-Lautrec e o escritor Oscar Wilde. Todos tinham mesas cativas. Em 22 de agosto de 1975, o Café foi declarado patrimônio histórico pelo governo francês.

FOTOS

 
         
       
voltar ao topo
 
 
 
WEBZ - Comunicação Digital